Eles também precisam de comida saudável

Eles também precisam de comida saudável

Dr. Simone Liepkan | “Dar alimento natural não é dar o resto do seu almoço” 

A tendência de valorização da alimentação natural extrapolou o universo do ser humano e chegou ao mundo pet. Há uma discussão sobre o emprego de alimentos naturais, com fibras e outros ingredientes para favorecer a saúde dos animais de estimação. Mas é importante consultar um veterinário antes de definir a alimentação dos bichos. Há até empresas que entregam o alimento natural na casa do tutor.

A médica veterinária Simone Liepkan, da Clínica Bicho Mania, de Santa Bárbara d’Oeste, disse que o alimento natural é bem-vindo, mas se for balanceado e atender as necessidades nutricionais dos animais, assim como as rações. “Lembrando: dar alimento natural não é dar o resto do seu almoço ou tudo o que está na geladeira que você não quer mais comer (…) É preciso saber ao certo as necessidades e o nutricionista veterinário precisa definir estas necessidades para cada caso”, ressaltou.

O veterinário Clóvis de Souza Júnior, consultor da RefeiCão, solução em alimentação natural para cães, disse que a correção alimentar é fundamental para melhorar o quadro clínico de animais alérgicos. “As principais vantagens desse tipo de alimento é que sabemos que nosso animalzinho de estimação está recebendo um produto 100% natural e isento de químicas. Vemos também a mudança nos animais: a pelagem fica brilhante e sedosa, as fezes ficam firmes e sem odor e eles mantém o peso ideal”, disse Júnior.

Ração ou comida natural?

A escolha entre a ração ou comida natural dependerá da necessidade específica do animal. “Vai depender também do tutor e do médico veterinário de sua confiança. Há profissionais adeptos de uma e outra fonte de alimento. Quando bem orientados, sendo ração ou alimento natural, o mais importante é garantir os níveis de nutrientes necessários para cada fase da vida do animal”, explicou Simone Liepkan.

Se a preocupação é com os conservantes e outras substâncias químicas presentes nas rações, Simone disse que as rações não são iguais. E que existem rações de boa qualidade, que produzirá a preocupação sobre danos à saúde do animal.

Dra. Simone Liepkan - Clínica Bicho Mania

Dra. Simone Liepkan – Clínica Bicho Mania

Curiosidades

Mais recomendada

A alimentação mais recomendada é aquela que mantenha o animal saudável e feliz. Que supra suas necessidades de proteína, carboidratos, minerais e vitaminas. Que mantenha seu nível de energia estáveis, massa muscular, pelagem e níveis de atividade em dia, disse Simone.

Comida x ração

As rações ainda são mais indicadas para os pets do que a comida. Porém, isso pode mudar. Em alguns países da Europa, Estados Unidos e Austrália, disse Simone, há estudos que mostram que o alimento natural pra nutrição animal já é consumido em larga escala. E creio que seja uma questão de tempo e mais informação pra isso acontecer também aqui no Brasil.

Matéria publicada no Jornal Tododia por Claudete Santos:
HTTP://PORTAL.TODODIA.UOL.COM.BR/

Open chat